Bangcoc, 12 abr (EFE).- A Comissão Eleitoral da Tailândia recomendou hoje ao Tribunal Constitucional a dissolução do Partido Democrata, o principal da coalizão que governa o país, por um caso de financiamento ilegal.

A comissão decidiu, por cinco votos a favor e quatro contra, levar o caso à Promotoria e pedir no Tribunal Constitucional a suspensão do partido, chefiado pelo primeiro-ministro, Abhisit Vejjajiva. EFE grc/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.