Comissão eleitoral confirma reeleição de Yudhoyono na Indonésia

Jacarta, 24 jul (EFE).- A Comissão Eleitoral Central da Indonésia declarou hoje oficialmente o presidente do país, Susilo Bambang Yudhoyono, como o vencedor das eleições presidenciais realizadas no último dia 8.

EFE |

Segundo a apuração dos votos, completada dois dias antes do previsto, a chapa liderada por Yudhoyono recebeu 60,8% dos votos.

Com esse resultado, não há necessidade de segundo turno.

A ex-presidente indonésia Megawati Sukarnoputri recebeu 26,79% dos votos. Na terceira posição, com 12,41% da preferência do eleitorado, ficou o atual vice-presidente do país, Jusuf Kalla.

Yudhoyono venceu em 28 das 33 províncias da Indonésia, enquanto Kalla saiu vitorioso em quatro e Megawati, em apenas uma.

A participação eleitoral foi de 69%, segundo a comissão eleitoral, que contabilizou mais de 122 milhões de votos dentre as 176 milhões de pessoas que tinham direito a votar nestas eleições.

As candidaturas da oposição, que se queixaram em várias ocasiões de certas "irregularidades" no censo eleitoral que afetavam "milhões de eleitores", anunciaram que não vão assinar os resultados finais.

Entretanto, a decisão não tem consequências legais.

"Os resultados eleitorais continuarão sendo legítimos, inclusive sem as assinaturas", assegurou Abdul Hafiz Anshary, presidente da comissão eleitoral indonésia. EFE jpm/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG