Comissão de Direitos Humanos pede proteção a imigrantes mexicanos nos EUA

México, 8 jun (EFE).- A Comissão Nacional dos Direitos Humanos do México (CNDH) pediu hoje ao Governo do país para que intensifique a proteção aos imigrantes mexicanos nos Estados Unidos, que são alvo de deportações relâmpago nos estados do Arizona, Califórnia, Novo México e Texas.

EFE |

A CNDH, que no México desempenha as funções de Defensoria Pública, indicou que tem registros de casos em que os imigrantes mexicanos "são tratados como criminosos, após serem detidos na faixa fronteiriça para serem submetidos a julgamentos relâmpago de deportação".

Em comunicado, o órgão expressou sua preocupação com a falta de defesa dos mexicanos detidos no marco da operação americana "Tolerância Zero".

Como parte dessa iniciativa das autoridades americanas, "alguns migrantes são levados dos centros de detenção direto aos tribunais federais, onde em uma hora ou menos são processados em sessões coletivas", assegurou a CNDH.

O organismo considerou que é necessário zelar pelos direitos fundamentais dos migrantes mexicanos, ao assinalar que "com freqüência" são "submetidos a julgamentos de caráter civil ou penal nos quais recebem tratamentos considerados indignos ou diferenciados". EFE jd/gs

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG