Comissão adia eleições parlamentares e presidenciais do Sudão

Cartum, 2 abr (EFE).- A Comissão Eleitoral sudanesa anunciou hoje o adiamento das eleições parlamentares e presidenciais do país, que estavam previstas para julho, até fevereiro de 2010.

EFE |

O chefe da Comissão Eleitoral, Abdala Ahmed Abdala, afirmou em entrevista coletiva que as eleições foram adiadas porque o censo eleitoral ainda não foi completado.

Abdala citou como outra razão o início da temporada de chuvas, o que pode afetar a participação de eleitores, especialmente do sul do país.

De acordo com o tratado de paz assinado em janeiro de 2005 entre o Executivo de Cartum e os insurgentes do sul do Sudão, as eleições deviam ocorrer em uma data que não passasse do quarto ano do período de transição de seis anos, ou seja, antes de 9 de julho de 2009.

No entanto, Abdala ressaltou que a Comissão Eleitoral tem a autorização para escolher a data mais conveniente, mesmo que seja fora do prazo estabelecido no acordo de paz.

Ele informou ainda que as eleições não serão realizadas na região de Darfur, no oeste do país, a não ser que o conflito registrado na região entre grupos rebeldes e o Governo central desde 2003 se resolva até fevereiro de 2010. EFE az/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG