Os dirigentes das áreas grega e turca do Chipre iniciaram nesta quinta-feira em Nicósia conversações mais aprofundadas sobre a reunificação da ilha, dividida há 34 anos.

O presidente cipriota Demetris Christofias e o líder da autoproclamada República Turca do Chipre do Norte (RTCN), Mehmet Ali Talat, iniciaram as discussões no aeroporto de Nicósia, que fica em uma área controlada pela ONU, que serve de zona de segurança entre os dois territórios.

As negociações devem ser centradas em questões de divisão do poder.

Esta é a tentativa mais séria de solução da questão cipriota desde o fracasso de um plano de paz da ONU em 2004, aceito em um referendo pelos habitantes da RTCN, mas rejeitado pelos greco-cipriotas.

O Chipre entrou para a União Européia (UE) e a questão da reunificação da ilha também pesa na possibilidade de admissão da Turquia ao bloco.

O país está dividido desde 1974, quando a Turquia invadiu a parte norte da ilha em resposta a um golpe de Estado dado em Nicósia pelos nacionalistas greco-cipriotas com o apoio de Atenas.

cc-su/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.