Começam eleições gerais do Equador; votação definirá novo presidente

Quito, 26 abr (EFE).- As eleições gerais do Equador começaram hoje às 7h (9h de Brasília), com a abertura de mais de 44 mil mesas eleitorais em todo o país.

EFE |

Ao todo, mais de 10,5 milhões de equatorianos são esperados nas urnas, que fecharão às 19h (de Brasília).

A votação, que definirá quem será o próximo presidente do país, entre outros cargos, começou com alguns problemas de organização e baixa participação.

No Equador, o voto é obrigatório para maiores de 18 anos e facultativo para adolescentes de mais de 16, policiais e militares, portadores de deficiência, estrangeiros que vivem no país e presos que ainda não receberam sentença.

O grande favorito na briga pela Presidência é o atual chefe de Estado, Rafael Correa, que enfrenta outros sete candidatos.

Se nenhum deles receber os votos necessários para se eleger no primeiro turno, uma segunda votação acontecerá em 14 de junho com os dois nomes mais votados.

No pleito de hoje, os equatorianos elegerão também os 124 integrantes da Assembleia Nacional (Legislativo), 23 governadores, 221 prefeitos e 1.581 vereadores. EFE fa/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG