Começam as eleições parlamentares na Albânia

Tirana, 28 jun (EFE).- Os colégios eleitorais da Albânia abriram hoje às 7h (2h de Brasília) para que cerca de 3,1 milhões de albaneses elejam 140 deputados que lhes representarão em seu novo Parlamento durante os próximos quatro anos.

EFE |

A União Europeia (UE) considera que uma jornada eleitoral que transcorra em normalidade aproximaria a Albânia do bloco europeu.

Entre os 39 partidos e coalizões políticas destacam-se o Partido Democrático (PD), do primeiro-ministro, Sali Berisha, que dirige a coalizão "Aliança para a Mudança"; e o opositor Partido Socialista (PS), liderado pelo popular prefeito de Tirana, Edi Rama, que lidera a "União para a Mudança".

O pequeno país dos Bálcãs é dividido em 12 circunscrições em que se estabeleceram 4800 colégios eleitorais.

Foram elaboradas novas listas de eleitores baseadas em um renovado registro eletrônico do estado civil.

O Ministério do Interior distribuiu novos documentos nacionais de identidade que junto aos passaportes são os únicos meios de identificação dos eleitores.

Para evitar possíveis manipulações foram instaladas pela primeira vez câmaras de vigilância nos 66 centros regionais de apuração de votos.

As eleições serão supervisadas por cerca de 5 mil observadores locais, assistidos por centenas de estrangeiros, entre eles 400 analistas da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (Osce).

No fechamento dos colégios foram anunciadas várias pesquisas de boca-de-urna que deram as primeiras projeções de votação, enquanto as oficiais não serão publicadas antes da segunda-feira. EFE md-jk/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG