Uma reunião internacional para tentar solucionar o conflito na República Democrática do Congo (RDC), que ameaça provocar um desastre humanitário, teve início nesta sexta-feira em Nairóbi, na presença do secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon.

As primeiras discussões aconteceram no âmbito bilateral, antes de uma sessão plenária que deve terminar com um discurso de Ban Ki-moon sobre a crise.

O encontro tem a presença de muitos chefes de Estado africanos, incluindo o congolês Joseph Kabila e o ruandês Paul Kagame, cujo país é acusado pela RDC de apoiar os rebeldes que na quinta-feira tomaram pelo menos uma cidade na região leste do país.

O líder da rebelião, Laurent Nkunda, afirmou antes mesmo da reunião que esta era uma iniciativa inútil.

lp-mc/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.