Começa reunião de Morales com governadores da oposição

La Paz, 13 ago (EFE).- O presidente da Bolívia, Evo Morales, iniciou hoje uma reunião a portas fechadas com os governadores da oposição, com o objetivo de encontrar uma solução para a atual crise que o país vive.

EFE |

O encontro começou por volta das 18h40 (19h40 de Brasília), com a chegada à sede presidencial dos governadores regionais de Tarija, Mario Cossío; Pando, Leopoldo Fernández; Beni, Ernesto Suárez; e Chuquisaca, Savina Cuéllar, que estavam acompanhados de representantes do departamento de Santa Cruz.

Também chegaram para a reunião os governadores aliados Mario Virreira, de Potosí, e Luis Alberto Aguilar, de Oruro.

Assim como Morales, todos os governantes regionais citados, salvo o de Chuquisaca, que tomou posse em julho, foram ratificados no poder no referendo do último domingo, segundo a apuração preliminar da Corte Nacional Eleitoral (CNE).

Para evitar contratempos, a Polícia bloqueou o tráfego e isolou as imediações do Palácio do Governo de La Paz.

Ao entrar na sede presidencial, o governador de Pando se limitou a dizer o grupo "fará o seu melhor" para chegar a um acordo com Morales, ao passo que seu colega de Potosí disse que todos esperam "um diálogo sincero".

Ficaram de fora do encontro os governadores opositores de La Paz, José Luis Paredes, e de Cochabamba, Manfred Reyes Villa, que perderam seus respectivos mandatos na consulta do último dia 10. EFE ja/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG