O referendo sobre uma nova Constituição na Bolívia teve início neste domingo às 8H00 locais (10H00 de Brasília).

"Hoje temos um encontro indispensável com a história e com a pátria, que niguém permaneça impassível, que ninguém deixe de comparecer às urnas", afirmou o presidente da Corte Nacional Eleitoral (CNE), José Luis Exeni, na abertura da votação, para a qual estão registrados 3,89 milhões de bolivianos.

rb/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.