Nova Délhi - O segundo turno das eleições presidenciais das Maldivas começou hoje com mais de 200 mil cidadãos convocados às urnas.

Os colégios abriram suas portas às 9h locais (2h de Brasília) e fecharão às 20h locais (13h de Brasília), quando começará a apuração da Comissão para conhecer os resultados, que serão publicados amanhã, segundo uma fonte do organismo.

O principal favorito é o atual presidente, Maumoon Abdul Gayoom, que está no poder desde 1978.

Gayoom enfrenta nas urnas a um de seus tradicionais inimigos, Mohammed Nashid, do Partido Democrático das Maldivas, um defensor dos direitos humanos que foi preso em várias ocasiões por sua militância política.

No primeiro turno das eleições, que aconteceu no último dia 8, o atual governante conseguiu 40,63% dos votos, contra 25,09% de Nashid. Seis candidatos concorreram à Presdiência.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.