Começa no Timor Leste julgamento de acusados de tentar matar o presidente

SYDNEY - O julgamento contra os 28 ex-militares e civis supostamente envolvidos nos ataques contra o presidente do Timor Leste, José Ramos Horta, e o primeiro-ministro, Xanana Gusmão, começou nesta segunda-feira, em Díli, capital do país.

EFE |

Em meio a fortes medidas de segurança, os acusados foram levados em caminhões até o tribunal. Os integrantes do grupo de civis e desertores do Exército são acusados de planejar e perpetrar os ataques de 11 de fevereiro de 2008 contra Horta e Gusmão.

Austrália e Nova Zelândia lideram junto com as Nações Unidas a força multinacional de paz criada após a onda de violência em meados de 2006.

O Timor Leste, com menos de um milhão de habitantes, conseguiu a independência em 2002, após 24 anos de ocupação indonésia.

Leia mais sobre Timor Leste

    Leia tudo sobre: ataquesjulgamentotimor leste

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG