Começa na Holanda 1º processo contra piratas somalis na Europa

Haia, 18 mai (EFE).- Um tribunal de Roterdã abriu hoje o primeiro processo na Europa contra piratas somalis pelo sequestro no Golfo de Áden de um cargueiro.

EFE |

Durante a primeira audiência preparatória, os juízes decidiram prolongar a três meses a prisão preventiva dos acusados, que terão que comparecer novamente antes do próximo dia 18 de agosto, segundo indicou à Agência Efe um porta-voz do tribunal.

O processo é contra cinco somalis que em 2 de janeiro teriam tentado abordar a embarcação Samanyulo, cujos tripulantes repeliram o ataque.

No ataque, os piratas caíram no mar e foram detidos pela Marinha dinamarquesa, que posteriormente os entregou à Holanda.

Após vários contatos com a Justiça holandesa, as autoridades da Dinamarca acordaram entregar à Holanda os piratas, uma vez que o barco abordado navegava nas Antilhas Holandesas, que formalmente pertencem a esse país.

Ainda que a audiência de hoje se insira na fase preliminar do julgamento, é a primeira vez que piratas somalis comparecem perante a Justiça em um país europeu. EFE mr/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG