Começa julgamento de alemães acusados de terrorismo

Berlim, 22 abr (EFE).- O julgamento de quatro supostos terroristas de uma célula da União para a Jihad Islâmica (IJU), dois deles alemães que se converteram ao Islã, começou hoje em Düsseldorf em meio a fortes medidas de segurança.

EFE |

O chamado grupo de Sauerland, por causa da região da Alemanha onde foram detidos, foi capturado em 2007 com 730 quilos de material para fabricar explosivos e é acusado de planejar atentados com carros-bomba em todo o país.

Fritz Gelowitz, de 29 anos e convertido ao Islã aos 15, e Daniel Schneider, de 23 e muçulmano desde 2003, são processados por supostamente fazer parte da IJU, célula da Al Qaeda.

Também estão sendo julgados pelas mesmas acusações o turco-alemão Atila Selek, de 24 anos e nascido na Alemanha, e Adem Yilmaz, turco de 39 anos e que chegou ao país há 20 anos.

Entre os alvos de atentado deste grupo figuraria o aeroporto de Frankfurt, a base militar aérea dos Estados Unidos de Ramstein, a maior da Europa, e estádios de futebol e estações ferroviárias, além de outros pontos em cidades como Düsseldorf, Munique, Stuttgart e Colônia. EFE jcb/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG