Começa fase final do julgamento de Fritzl

Sankt Pölten (Áustria), 19 mar (EFE).- O último dia do julgamento de Josef Fritzl começou hoje em um tribunal austríaco, onde um júri popular emitirá seu veredicto sobre o acusado de ter enclausurado e estuprado a filha em um porão ao longo de 24 anos.

EFE |

O acusado entrou no tribunal da cidade de Sankt Pölten com a cara descoberta e acompanhado por vários policiais perto das 9h (5h, Brasília), após ter se declarado ontem culpado de todas as acusações.

O veredicto será emitido por um júri no quarto dia do polêmico julgamento e cerca de 11 meses depois que fosse revelado que ele manteve sua filha Elisabeth, com quem teve sete crianças, por quase um quarto de século no porão de sua casa na cidade de Amstetten, a 80 quilômetros de Viena.

Os três juízes que conduzem o caso formularão aos oito membros do júri um questionário sobre cada um dos seis delitos de que Fritzl é acusado, entre eles assassinato por omissão de socorro a um bebê recém-nascido fruto da relação incestuosa que teve com Elisabeth.

Depois, o júri se retirará para deliberar e, já à tarde, emitirá o veredicto e ditará, junto aos juízes, a condenação correspondente, que pode variar entre um ano de reclusão e prisão perpétua. EFE as/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG