Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Começa a audiência final do processo da RCTV contra a Venezuela

A Corte Interamericana de Direitos Humanos realiza nesta quinta-feira a audiência final de um processo contra a Venezuela apresentado por jornalistas do canal de televisão RCTV, por agressões e ameaças sofridas quando cobriam manifestações nas ruas.

AFP |

Três testemunhas, entre elas dois cinegrafistas da RCTV, foram convocadas a prestar depoimento na audiência na sede da Corte em San José, presidida de última hora pelo juiz Sergio García Ramírez devido a uma "leve e transitória indisposição" da presidente do tribunal, Cecilia Medina.

A audiência, que representa um novo 'round' na longa briga entre a RCTV e o governo de Hugo Chávez, começou com o relato do cinegrafista Carlos Colmenares de um incidente ocorrido na noite de 19 de agosto de 2003, quando foi ferido por um policial durante uma manifestação em Caracas.

Nesta audiência, os advogados de ambas as partes e membros da Comissão Interamericana de Direitos Humanos, farão suas alegações finais orais do caso antes de a Corte ditar seu veredicto, o que ainda pode levar quatro ou seis meses, disseram os envolvidos.

A ação na justiça foi apresentada por cerca de 20 repórteres e cinegrafistas da RCTV, que disseram terem sido ameaçados e agredidos quando cobriam manifestações, sem que as autoridades investigassem adequadamente os fatos nem sancionassem os responsáveis.

Chávez decidiu em 2007 não renovar a concessão da RCTV para transmitir em sinal aberto. Sendo assim, sua programação só chega a assinantes de televisão a cabo.

fj/lm/sd

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG