Começa 4ª etapa das eleições legislativas na Índia

Nova Délhi, 7 mai (EFE).- Os colégios eleitorais abriram hoje na Índia para 94,6 milhões de pessoas convocadas às urnas na quarta e penúltima fase das eleições legislativas do país, que se desenvolve no território de Délhi e em sete estados indianos.

EFE |

Os colégios eleitorais, um total de 129.103, abriram as portas às 7h (22h30 de Brasília), segundo o horário previsto pela Comissão Eleitoral.

Nesta fase votam os estados de Bihar, Haryana, Caxemira, Punjab e Uttar Pradesh, norte, Rajastão, no oeste, e Bengala, no leste, além do território nacional de Délhi (NCTD).

Os eleitores escolhem hoje 85 legisladores dos 543 que compõem a Câmara Baixa do Parlamento (Lok Sabha), entre um total de 1.315 candidatos (119 mulheres), segundo dados da Comissão.

O organismo eleitoral previu o desdobramento de 650 mil funcionários e de 252 observadores para supervisionar as votações.

Ao fim da jornada eleitoral, a Índia terá escolhido os representantes para ocupar 457 das 543 cadeiras do Parlamento.

A votação começou em 16 de abril e terminará no dia 13, enquanto a apuração global terá início no dia 16, quando a Comissão Eleitoral deve divulgar os resultados.

No total, 714 milhões eleitores foram convocados às urnas nas cinco fases do pleito.

Os principais adversários são o histórico Partido do Congresso da dinastia Nehru-Gandhi e o hinduísta Bharatiya Janata Party (BJP), ambos com frágeis coalizões com partidos minoritários ou regionais.

Concorre também a uma Terceira Frente, formada pelos comunistas, o partido da "dalit" ou intocável Mayawati, que governa no estado de Uttar Pradesh, norte, e legendas menores. EFE mb/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG