Combates se intensificam nas zonas tribais paquistanesas

Os combates entre o Exército paquistanês e os rebeldes se intensificaram nas instáveis zonas tribais de fronteira do noroeste do Paquistão, de acordo com as autoridades de Islamabad, que anunciaram a morte de 14 talibãs nos enfrentamentos.

AFP |

O Exército paquistanês, que iniciou no fim de abril uma ofensiva contra os talibãs na região de Swat, norte do país, abriu há 10 dias uma nova frente nas zonas tribais, com o objetivo de avançar no distrito tribal do Waziristão do Sul, reduto do líder talibã Baitullah Mehsud.

"Foram disparados foguetes no domingo à noite de locais desconhecidos que caíram sobre os campos das forças de segurança no Waziristão do Norte e do Sul", declarou à AFP uma fonte oficial, que pediu anonimato.

Os disparos não porovocaram vítimas militares, mas um foguete atingiu uma casa e feriu oito pessoas da mesma família em Miranshah, principal cidade do Waziristão do Norte.

Aviões do Exército bombardearam nesta segunda-feira quatro localidades do Waziristão do Sul consideradas redutos da rede de Mehsud.

"Onze rebeldes morreram e quatro ficaram feridos no vilarejo de Kaniguram", afirmou um oficial.

Outro bombardeio contra a casa de um comandante talibã, na fronteira entre os distritos do Waziristão do Norte e do Sul, matou quatro pessoas, dois rebeldes e duas mulheres, e feriu outras oito.

hk-shk/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG