Nova Délhi, 4 ago (EFE).- Pelo menos 34 guerrilheiros e 9 soldados morreram nas últimas 24 horas em combates registrados no norte do Sri Lanka, informou hoje o Ministério de Defesa cingalês.

O combate mais intenso ocorreu na região de Vellankulam, situada no distrito de Mannar (noroeste) onde, segundo o Exército, morreram cinco soldados e 26 rebeldes da guerrilha dos Tigres de Libertação da Pátria Tâmil (LTTE), enquanto outros 27 rebeldes ficaram feridos.

Também ocorreram combates nos distritos de Vavuniya e Welioya.

O comando militar cingalês e a guerrilha informam freqüentemente sobre baixas causadas no lado inimigo, embora as informações careçam de confirmação independente.

Este fim de semana, o Exército anunciou sua chegada ao distrito no qual se encontra a capital rebelde, Kilinochchi, que por enquanto se mantém fora do raio de alcance da artilharia governamental.

O anúncio coincidiu com a realização, em Colombo, da 15ª cúpula da Associação Sul-Asiática para a Cooperação Regional (Saarc), cujo principal tema foi a luta contra o terrorismo. EFE daa/gs

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.