Combates no norte do Paquistão matam 10 rebeldes e 3 soldados

Islamabad, 4 mai (EFE).- Pelo menos dez rebeldes fundamentalistas e três soldados morreram hoje em diversos confrontos entre as forças de segurança paquistanesas e os talibãs em diferentes pontos do norte do país, informou o comando militar do Paquistão.

EFE |

Segundo um comunicado oficial, um grupo de sete talibãs, entre eles o comandante Afsar Hamid, e um soldado foram mortos durante confrontos no distrito de Buner, situado a cerca de 100 quilômetros de Islamabad.

As tropas consolidaram hoje suas posições em novas áreas próximas a Daggar, a capital do distrito, onde o Exército paquistanês iniciou na semana passada uma operação militar na qual já morreram 87 rebeldes.

A nota do comando militar paquistanês denuncia que os fundamentalistas estão utilizando dois mil civis como escudos humanos para impedir o avanço das tropas.

No distrito de Dir, outros três insurgentes morreram em combates com o Exército.

Além disso, os talibãs destruíram dois postos de controle e mataram um soldado ao norte de Buner.

Já no vale de Swat, onde as autoridades paquistanesas haviam fechado um acordo de trégua com os talibãs, foram registrados novos episódios de violência.

Um grupo de rebeldes atacou de madrugada um comboio do Exército na localidade de Barikot, deixando um soldado morto e dois militares feridos.

Anteriormente, os talibãs já haviam decapitado dois membros das forças de segurança os quais foram sequestrados por eles. EFE igb/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG