Cabul, 27 mai (EFE).- Pelo menos 15 rebeldes morreram hoje em um combate contra membros das forças de segurança afegãs e tropas da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) destacadas na província afegã de Paktya, informou a entidade militar.

Segundo um comunicado, um número indeterminado de insurgentes atacou com granadas e armas leves uma patrulha das forças de segurança às 12h50 locais (5h20 de Brasília).

Helicópteros da Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf, em inglês), sob comando da Otan, deram apoio aéreo às tropas terrestres e dispararam contra as posições dos rebeldes.

Após os combates, que se prolongaram durante cinco horas, os soldados do Exército afegão e as forças da Isaf iniciaram uma operação de rastreamento na qual encontraram os cadáveres de 15 insurgentes e um arsenal de armas.

De acordo com a versão militar, o ataque e os confrontos posteriores não causaram vítimas entre as forças de segurança afegãs nem entre as da Otan. EFE lo-mb/bba

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.