Cartum - Os combates entre soldados do Exército sudanês e milicianos do Movimento Popular para a libertação do Sudão (MPLS) na região petrolífera de Ebey, no sul do país, deixaram hoje dezenas de vítimas, entre mortos e feridos.

Fontes do Exército sudanês, que pediram o anonimato, afirmaram à Agência Efe que os combates começaram no início do dia e duraram várias horas, deixando "dezenas de vítimas", sem dar maiores detalhes.

A emissora "Al Jazira", que cita fontes do Estado-maior sudanês, informou que os combates terminaram perto do meio-dia com a vitória do Exército regular, que agora persegue os rebeldes.

Segundo as fontes, os confrontos começaram após os membros do MPLS, que controla o terço sul do Sudão, lançarem um ataque com mísseis, bombas e carros de combate contra bases do Exército em Ebey, na zona fronteiriça entre as chamadas regiões do norte e do sul do Sudão.

A zona de Ebey, muito rica em petróleo, é reivindicada pela região autônoma do sul do Sudão ante uma eventual independência após o plebiscito de autodeterminação que esta região realizará em 2011.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.