Combates entre insurgentes e Exército deixam 26 mortos no norte do Paquistão

Islamabad, 20 ago (EFE).- Pelo menos 26 pessoas morreram hoje, em sua maioria insurgentes, em combates entre os fundamentalistas e as forças de segurança paquistanesas, na região tribal de Bajaur, na fronteira com o Afeganistão, onde o Exército lançou uma operação há duas semanas.

EFE |

Segundo uma fonte militar citada pela rede de televisão "Dawn", os guardas fronteiriços atacaram os fundamentalistas nas zonas de Loisam, Salarzai e Malasyed, dando início a combates nos quais morreram 23 insurgentes e três civis.

Desde que teve início a ofensiva das forças de segurança, cerca de 600 pessoas, a maioria insurgentes islâmicos, perderam a vida nesta região tribal, considerada um reduto dos talibãs no Paquistão.

Segundo a "Dawn", os aldeões estão enfrentando escassez de alimentos e cerca de 300 mil pessoas se deslocaram a outras zonas mais seguras do noroeste por causa dos combates. Além disso, muitas estradas do distrito permanecem bloqueadas.

Apesar de o Governo ter assinado alguns acordos de paz com grupos islamitas -agora suspensos-, a violência continuou no conflituoso noroeste do país, com atentados e enfrentamentos entre insurgentes e o Exército, assim como entre tribos. EFE igb/gs

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG