Combates entre insurgentes e aldeões deixam 16 mortos no Paquistão

ISLAMABAD - Pelo menos 16 pessoas morreram em um confronto entre membros de um conselho local e supostos insurgentes no Vale de Swat, no norte do Paquistão, informou neste domingo o canal televisivo Geo TV.

EFE |

Os combates começaram no sábado na localidade de Pir Samiullah, situada no distrito de Matta, e até o momento morreram três dirigentes do bando talibã, que tomou como reféns cerca de 60 pessoas.

A maioria dos mortos, segundo a "Geo TV", eram membros do conselho local tribal ou aldeões que os acompanhavam. O Vale de Swat, situado na Província da Fronteira Noroeste é o principal cenário de operações da organização fundamentalista Tehreek-e-Nafaz-e-Shariat-e-Mohammadi, liderada pelo mulá Fazlullah.

Nos últimos meses, o Exército realizou diversas operações no local para combater os fundamentalistas, em paralelo à ofensiva que acontece na área tribal de Bajaur. Nesta última, pelo menos 1,5 mil insurgentes morreram em combates contra o Exército desde o início de agosto.

    Leia tudo sobre: paquistão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG