Combates deixam pelo menos 83 mortos e dezenas de feridos no Sudão

Cartum - Combates entre milícias pró-governo e rebeldes do Exército Popular para a Libertação do Sudão (EPLS) na disputada região de Ebey deixaram pelo menos 83 mortos e dezenas de feridos nos últimos dois dias.

EFE |

Fontes citadas pela imprensa sudanesa afirmaram que entre os mortos em Ebey há 25 civis, 50 rebeldes do EPLS e oito milicianos favoráveis ao Governo.

As mesmas fontes disseram que centenas de pessoas abandonaram esta região, rica em petróleo e disputada pelo regime de Cartum e pelo Governo do sul do Sudão.

Segundo a imprensa, só restam ruínas na maior parte dos bairros de Ebey, castigados pela artilharia de ambos os lados, e que a localidade se tornou uma "cidade fantasma" por causa da fuga de grande parte de seus 30 mil habitantes.

Por outro lado, a ONU enviou tropas de reforço para a região em uma tentativa de pacificar a situação, enquanto seu porta-voz em Cartum, Khalid Mansur, anunciou que foi alcançado um acordo entre as duas partes para um cessar-fogo.

    Leia tudo sobre: sudão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG