Combates deixam 14 mortos na Somália

Pelo menos 14 pessoas morreram e 50 ficaram feridas em combates violentos entre islamitas radicais e forças governamentais em Mogadíscio nesta terça-feira, um dia depois do retorno à Somália do presidente eleito, Sharif Sheikh Ahmed.

AFP |

Os milicianos islamitas armados atacaram as forças pró-governo no distrito de Taleh, zona sul da capital somali, o que desencadeou os combates.

Os civis são as principais vítimas dos combates que afetam Mogadíscio há dois anos.

Os rebeldes islamitas atacam com frequência as forças de segurança e as tropas de da Missão da União Africana (AMISOM) em áreas muito povoadas, provocando respostas com artilharia pesada.

nur-amu/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG