Combate mata 21 insurgentes e chefe policial no Afeganistão

Cabul, 20 ago (EFE).- Pelo menos 21 insurgentes e um chefe policial morreram hoje em um combate registrado na província afegã de Baghlan durante o dia de votação nas eleições no país, informou à Agência Efe uma fonte oficial.

EFE |

O porta-voz da Polícia provincial, Jawid Basharat, disse que um chefe policial morreu e outros dois ficaram feridos, depois que um grupo de homens armados atacou hoje um posto de controle das forças de segurança no distrito de Baghlani Jadid.

As forças de segurança responderam ao ataque e começou um tiroteio no qual 21 insurgentes talibãs morreram e mais 22 ficaram feridos.

As autoridades afegãs anunciaram no domingo passado que seu Exército e Polícia suspenderiam as ações ofensivas contra a insurgência durante as eleições, e que os efetivos se limitariam a operações defensivas.

Cerca de 17 milhões de afegãos foram convocados hoje às urnas nas segundas eleições presidenciais no Afeganistão após a invasão dos EUA e a queda do regime dos talibãs, em 2001.

Durante o dia de votação, pelo menos dois homens armados morreram em um tiroteio com as forças de segurança em um bairro de Cabul, e ocorreram vários ataques com mísseis e outros artefatos explosivos em vários pontos do país. EFE lo-mb/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG