Combate mata 2 policiais e 8 talibãs no Afeganistão

Cabul, 13 ago (EFE).- Pelo menos dois agentes policiais e oito supostos insurgentes talibãs morreram em um combate registrado na província afegã de Kunduz, informou hoje à Agência Efe uma fonte oficial.

EFE |

O chefe da Polícia provincial, Razaq Yaqoubi, disse que os confrontos começaram depois que um grupo de homens armados tentou lançar na quarta-feira à noite um ataque no distrito de Dashte Archi.

Yaqoubi acrescentou que outros quatro agentes e dez insurgentes ficaram feridos em consequência do tiroteio.

Na terça-feira passada, quatro membros das forças de segurança, entre eles o chefe da Polícia de Dashte Archi e irmão do governador de Kunduz, Mohammed Omar, morreram quando um grupo de talibãs atacou o quartel-general das forças de segurança deste distrito.

O porta-voz talibã Zabihullah Mujahid, citado pela agência afegã "AIP", reivindicou a autoria do ataque e elevou para 12 o número de vítimas fatais entre os efetivos da Polícia.

Embora os talibãs costumem cometer atentados com mais assiduidade no sul e no leste do país, onde têm seus principais redutos, os insurgentes travaram combates e atentaram contra as forças de segurança na província de Kunduz.

Os talibãs, que pediram aos cidadãos que boicotem as eleições presidenciais do próximo dia 20, aumentaram nas últimas semanas os ataques contra as forças internacionais e afegãs. EFE lo-mb/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG