Combate entre Exército e comunistas mata 10 nas Filipinas

Zamboanga (Filipinas), 15 dez (EFE).- Pelo menos nove ativistas comunistas e um soldado morreram hoje em um enfrentamento no sul das Filipinas, quando o Exército foi alvo de uma emboscada do Novo Exército do Povo (NEP), disseram fontes militares.

EFE |

A emboscada foi colocada em uma área de floresta situada perto da cidade de Valencia, na província de Bukidnon, na qual a guerrilha comunista tinha posicionado cerca de 60 combatentes à espera da chegada dos soldados.

O porta-voz militar da província, comandante Mitchelle Anayron, disse que três soldados ficaram feridos no combate.

O NEP conta com entre 5,7 mil e 7,2 mil combatentes regulares, e este ano completou quatro décadas de levante armado.

A presidente filipina, Gloria Macapagal Arroyo, aprovou em julho o relançamento do processo de paz com os comunistas sem exigir um cessar-fogo prévio. EFE rp-mfr/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG