Comando que massacrou 18 pessoas no México disparou durante 15 minutos

O comando armado que na noite de quarta-feira executou 18 pessoas num centro de reabilitação de dependentes químicos de Ciudad Juárez (norte do México) disparou contra elas durante uns 15 minutos seguidos antes de fugir, contaram nesta quinta-feira testemunhas do massacre aos investigadores da polícia.

AFP |

Os pistoleiros invadiram o centro de reabilitação e abriram fogo. Vinte e três pessoas foram atingidas, com um balanço de 18 mortos e cinco feridos, segundo a secretaria de Segurança estadual.

Há um ano, uma ataque similar em outra clínica de tratamento da região matou oito pacientes.

O norte do México é a área mais violenta do país e Ciudad Juárez é o principal cenário de uma guerra violenta entre narcotraficantes, à qual o governo federal atribui o assassinato de mais de 9.600 pessoas desde 2008.

Segundo um balanço da AFP com base em informações policiais, nos primeiros sete meses de 2009 apenas em Ciudad Juárez foram registrados 1.161 assassinatos, apesar do governo federal ter enviado ao distrito 8.500 militares para tentar manter a segurança.

str/sem/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG