LONDRES (Reuters) - Membros da liderança do Taliban se reuniram secretamente com um representante da Organização das Nações Unidas (ONU) para o Afeganistão para discutir a possibilidade de depor suas armas, disse uma autoridade da entidade nesta quinta-feira. Os comandantes regionais do Quetta Shura do Taliban requisitaram o encontro com o representante especial da ONU, Kai Eide. A reunião aconteceu em 8 de janeiro em Dubai, disse a autoridade, que falou sob anonimato.

"Eles pediram um encontro para falar sobre negociações. Eles querem proteção, querem poder sair em público. Não querem desaparecer em lugares como Bagram", disse a autoridade, referindo-se ao centro de detenção na principal base militar dos Estados Unidos no Afeganistão.

(Reportagem de David Brunnstrom)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.