Comandante hondurenho ofrece transporte aéreo à mulher de Zelaya: CNN

O general hondurenho Romeo Vásquez, um dos principais atores do golpe de Estado contra Manuel Zelaya no dia 28 de junho, ofereceu-se para trasladar por via aérea a esposa do presidente deposto para que se reúna com ele na Nicarágua, disse neste sábado o militar à rede CNN.

AFP |

"Explicamos a ela (Xiomara Castro) como é perigoso movimentar-se por terra (na zona de fronteira, sob toque de recolher) e, por isso mesmo, apresentamos a ela, através de nossos militares a opção de ser transportada para a Nicarágua onde está seu esposo", disse Vásquez, chefe do Estado Maior Conjunto das Fuerzas Armadas.

Já o tenente-coronel Luis Recarte, que conversou em privado com Zelaya na sexta-feira, desmentiu neste sábado que tivesse sido detido por não ter capturado o presidente deposto na ocasião.

Segundo Vásquez, os comandantes regionais "têm liberdade de ação quando se trata de apoio à polícia (...) sobretudo para não causar problemas que possam desencadear em violência".

nl/fj/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG