CABUL (Reuters) - Um comandante da milícia Taliban no sul do Afeganistão entregou-se às autoridades paquistanesas, e as forças britânicas mataram um outro dirigente, segundo relatos militares na terça-feira. O mulá Rahim, comandante máximo na província de Helmand, se rendeu depois de as forças britânicas terem matado outros dois líderes do grupo em pouco mais de três semanas.

Horas depois da rendição, na manhã de segunda-feira, um míssil britânico matou outro comandante taliban, Abdul Rasaq, o 'mulá Sheikh', nos arredores de Musa Qala, em Helmand. Três outros insurgentes também morreram.

O tenente-coronel Robin Matthews, porta-voz do Exército britânico, disse em nota a 'a estrutura da alta liderança do Taliban sofreu um golpe destruidor'.

A cidade de Musa Qala ganhou importância simbólica desde que os combatentes do Taliban expulsaram as forças britânicas de lá, no final de 2006. Em fevereiro de 2007, a guerrilha voltou a assumir o controle da cidade, um centro produtor de ópio. Forças afegãs, norte-americanas e britânicas tornaram a conquistá-la em dezembro, mas ainda há milicianos ativos nos arredores.

(Reportagem adicional de Hamid Shalizi, Yousuf Azimy e Sharafuddin Sharafyar)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.