Comandante do Exército indiano morre em tiroteio na Caxemira

Nova Délhi, 20 jul (EFE).- Um comandante do Exército indiano e um policial morreram hoje em um tiroteio com o grupo separatista Lashkar-e-Toiba na região da Caxemira, informou uma fonte do Ministério da Defesa.

EFE |

Outros três membros das forças de segurança indianas ficaram feridos nos combates, que ocorreram no distrito de Rajouri.

As forças de segurança lançaram uma operação para capturar membros do LeT, e se envolveram em um tiroteio com os insurgentes, que acabou com a vida do comandante Bhanu Pratap Singh. Os feridos já estão sendo atendidos em um hospital da região.

A violência se recrudesceu nos últimos dias na Caxemira indiana, perante a realização, amanhã, da quinta rodada de diálogos entre Nova Délhi e Islamabad, que será centrada na busca de medidas para salvaguardar o cessar-fogo na linha de controle que separa os dois lados da região.

A Índia e Paquistão disputam a região da Caxemira desde a partilha do subcontinente, em 1947. EFE amp/gs

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG