Comandante da polícia é executado em restaurante do México

Um comandante da Polícia Federal Preventiva mexicana (PFP) e sua escolta foram executados na tarde de hoje no interior de um restaurante na Cidade do México, informou à AFP uma porta-voz da Procuradoria Geral da República (PGR).

AFP |

"Dois homens que chegaram em um carro preto entraram no restaurante em que estava o comandante e dispararam", informou Minerva Amado, assessora de imprensa internacional da PGR.

Morreram Igor Labastida, comandante do Tráfico e Contrabando da polícia federal e um dos seus guardas, José María Ochoa.

Outros dois agentes ficaram feridos e estão hospitalizados.

O governo do México realiza operações contra os cartéis da droga com a participação de 36.000 militares deslocados para vários estados com forte presença dos cartéis, entre eles Tijuana, Chihuahua e Sinaloa.

A Cidade de Juárez é cenário de uma disputa entre o cartel dessa localidade e o de Sinaloa, que deixou mais de 500 mortes violentas desde o começo do ano.

str/ol/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG