Comandante americano adverte Iraque sobre acordo de tropas

O chefe do Estado-Maior Conjunto dos Estados Unidos, Michael Mullen, advertiu o Iraque nesta terça-feira que o país se expõe a uma séria degradação de suas condições de segurança se não aprovar o acordo sobre a base legal da presença militar americana.

AFP |

"Nós estamos claramente ficando sem tempo", disse o almirante Michael Mullen, em uma referência à aprovação do acordo sobre a base legal das tropas americanas no Iraque depois de 31 de dezembro de 2008.

Mullen disse que quando o mandato em vigor da ONU expirar no fim do ano, as forças de segurança iraquianas "não estarão preparadas para garantir a própria segurança. E neste caso existe um grande potencial de perdas de graves conseqüências".

jm/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG