Com futuro incerto, Nelsinho Piquet diz que equipe está do seu lado

Redação Central, 30 out (EFE).- Apesar de não estar garantido na Renault em 2009, o piloto brasileiro Nelsinho Piquet disse que tem o apoio da equipe e não se vê ameaçado.

EFE |

O filho do tricampeão mundial de Fórmula 1 vem tendo seu nome envolvido em uma série de especulações.

"Acho que tenho uma grande chance de continuar. A equipe está satisfeita e o pessoal está do meu lado. Então, não vejo motivos para pensar que estou ameaçado", disse na coletiva de imprensa concedida em Interlagos, palco do Grande Prêmio do Brasil.

Especula-se que Nelsinho poderia ser substituído pelo compatriota Lucas Di Grassi, terceiro colocado no campeonato da GP2, ou pelo francês Romain Grosjean.

Piquet também fez um balanço da temporada e afirmou que seu primeiro ano na F-1 foi de aprendizado e, apesar das dificuldades, tem crescido muito como piloto.

"Tem sido uma temporada difícil, mas estou aprendendo muito.

Estou melhorando e descobrindo muitas coisas novas. Foi um ano difícil, mas estou certo que terminaremos bem", disse.

Nelsinho está em 12º na classificação, com 19 pontos. Seu melhor resultado na temporada foi o segundo lugar no GP da Alemanha. EFE plc/rd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG