Um centena de colonos se negaram nesta quarta-feira a cumprir com a ordem judicial de evacuação de uma moradia em Hebron, Cisjordânia ocupada.

Os colonos, decididos a resistir a qualquer tentativa da polícia para obrigá-los a abandonar o lugar, ocupam este imóvel de quatro andares desde março de 2007 e afirmam que o compraram de um palestinos por 700.000 dólares, o que foi negado peo suposto vendedor.

Eles batizaram o imóvel de "Beit Hashalom" (Casa da Paz), que está localizado na estrada que leva para o Túmulodos dos Patriarcas, um lugar de peregrinação de judeus e muçulmanos.

No domingo, a Suprema Corte israelense ordenou que, em três dias, o imóvel fosse evacuado, afirmando que o recibo de compra é falso.

mib/pa/cn/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.