Jerusalém, 20 jul (EFE).- Colonos israelenses a cavalo incendiaram hoje cerca de 1,5 mil oliveiras de propriedade palestina em uma zona ao redor da cidade de Nablus, na Cisjordânia, informaram fontes da Autoridade Nacional Palestina (ANP).

As áreas afetadas ficam ao redor das aldeias de Tel e Madna, ao sul de Nablus e junto ao assentamento de Yitzhar, habitado pelo setor mais duro do movimento colonizador judeu.

Ghassan Daglas, funcionário da ANP a cargo do acompanhamento nas colônias, disse à agência independente "Ma'an" que o incêndio das oliveiras palestinas ocorreu depois da demolição pela Polícia israelense de um enclave que os colonos tinham construído sem autorização, na mesma área dos fatos.

Indignados com a demolição do enclave, os colonos atearam fogo em vários campos e agrediram com pedras motoristas palestinos que circulavam pelas estradas da área.

Segundo Daglas dois motoristas palestinos ficaram feridos e cinco carros foram danificados.

Além disso, os colonos bloquearam a estrada que leva ao controle militar de Hawara, o principal na zona.

O jornal "Ha'aretz" informa que soldados israelenses enfrentaram os colonos e detiveram dois deles. EFE elb/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.