Colonos israelenses incendeiam oliveiras na Cisjordânia

Um grupo de colonos ateou fogo nesta segunda-feira a dezenas de oliveiras perto da cidade de Nablus, Cisjordânia, depois de ter sido evacuado um assentamento ilegal na região, informaram fontes israelenses e palestinas.

AFP |

Foram queimados 350 pés, afirmou à AFP Ali Eid, do Conselho Municipal de Burin, uma aldeia próxima a Nablus.

Segundo um fotógrafo da AFP, uns 20 colonos bloquearam uma estrada próxima do posto de controle de Hawara, do exército israelense, na entrada da cidade, e começaram a atirar pedras contra os veículos palestinos que passavam perto.

Um colono foi detido, informou um guarda.

A ONG israelense de defesa dos direitos humanos Yesh Din afirmou em comunicado que as ações dos colonos foram tomadas em represália pela evacuação: trata-se de uma "prática que os colonos judeus chamam de (...) o preço a pagar".

Israel comprometeu-se com os Estados Unidos a desmantelar estas colônias criadas depois de março de 2001 por considerá-las ilegais, uma vez que não contavam com o sinal verde das autoridades.

bur-dlm/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG