Jerusalém, 13 set (EFE) - Oito palestinos ficaram feridos ao serem atacados hoje em Madma e Assira (perto de Nablus, na Cisjordânia) por dezenas de colonos israelenses depois de um menino judeu ficar levemente ferido em um ataque com uma arma branca, informaram fontes médicas palestinas.

O incidente começou hoje de manhã após os colonos ficarem sabendo que um palestino entrou no assentamento judaico de Shalhevet, próximo à colônia de Yitzhar, onde ateou fogo a uma casa e feriu a criança, de 9 anos, antes de fugir em direção a Nablus.

As forças de segurança israelenses fizeram buscas em Madma e Assira à procura do agressor.

Durante a operação militar israelense, aproximadamente 100 colonos de Yitzhar, muitos deles armados, invadiram essas localidades e atacaram várias casas.

Segundo testemunhas, os colonos entraram violentamente em várias casas e quebraram móveis, além de destruírem pelo menos um carro e uma residência.

Oito palestinos foram feridos à bala, a maioria deles nas pernas e braços, de acordo com fontes do Crescente Vermelho.

O Exército israelense impôs o toque de recolher nas duas localidades e declarou a área zona militar fechada. EFE aca/wr/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.