Colonos israelenses disparam foguetes rudimentares contra aldeias palestinas

Ramala, 9 jul (EFE).- Colonos judeus dispararam nesta terça-feira à noite três foguetes rudimentares contra duas aldeias palestinas próximas à cidade de Nablus, na Cisjordânia, informou o governador desse distrito, Jamal Muhisen.

EFE |

"Os colonos dispararam três foguetes contra as aldeias de Burin e Madama, que caíram a cerca de 150 metros das casas", disse Muhisen sobre o incidente, que não deixou danos ou feridos.

O responsável palestino disse que este tipo de ataque por parte dos colonos do assentamento judaico de Bracha "se transformou em um fenômeno freqüente nas últimas duas semanas, enquanto o Exército israelense não faz nada para impedir".

"Os colonizadores querem destruir as propriedades dos residentes" destas povoações palestinas, denunciou o governador.

O porta-voz da Polícia israelense Miki Rosenfeld disse à Agência Efe que, apesar de ter sido interpelado várias vezes devido a este tipo de ato, as forças de segurança na Cisjordânia "não receberam nenhuma informação sobre esse tipo de incidente".

Apesar de vários colonos judeus na Cisjordânia terem armas e cometerem agressões físicas a palestinos e a suas propriedades, até o momento não se conhecia que tivessem disparado foguetes a partir dos assentamentos.

Ao contrário da Faixa de Gaza, na Cisjordânia, as milícias palestinas não atacam alvos israelenses com foguetes. EFE sar/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG