Colonos ferem fotógrafo da AFP na Cisjordânia

Um fotógrafo palestino que trabalha para a Agência France-Presse foi ferido nesta sexta-feira quando colonos judeus atiraram pedras contra um grupo de jornalistas em Hebron (Cisjordânia).

AFP |

O fotógrafo Hazem Bader, com a cabeça ensanguentada, foi levado ao hospital Al-Ahli de Hebron para receber atendimento médico, mas sua vida não corre perigo.

Bader estava entre o grupo de jornalistas que constatava os danos que colonos judeus provocaram em uma casa palestina depois que a polícia desmantelou uma pequena colônia não autorizada na região de Hebron.

Os colonos lançaram pedras contra os repórteres e feriram Hazem Bader na cabeça.

A noite de quinta-feira foi marcada por confrontos entre colonos e policiais durante o desmantelamento do ponto de colonização ilegal.

Os colonos tentaram impedir o fim da colônia.

Uma forte tensão reina em Hebron entre palestinos e israelenses desde a ocupação, em 1967. Em 1997, Israel se retirou em 80% de Hebron. No entanto, ainda ocupa um enclave onde centenas de colonos vivem entrincheirados em meio a mais de 150.000 palestinos, sob a proteção do Exército.

ezz-rb/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG