Colombiano se declara culpado de narcotráfico em tribunal americano

Washington, 17 out (EFE).- O colombiano Luis Hernando Gómez Bustamante admitiu hoje perante um tribunal federal americano ser o líder de uma organização de tráfico de drogas que obteve bilhões de dólares com o envio de cocaína aos Estados Unidos.

EFE |

O Departamento de Justiça dos EUA disse que Gómez Bustamante, conhecido como "Rasguño", também admitiu sua participação em uma operação para distribuir mais de 10 toneladas de cocaína nos EUA.

Acrescentou que a organização liderada por Gómez Bustamante, identificada como o cartel do Norte del Valle, participou desde 1990 de assassinatos, subornos, lavagem de dinheiro e tráfico de drogas através do México.

O Departamento de Justiça americano afirmou que, para suas operações, a organização de Gómez Bustamante utilizou como proteção a organização Autodefesas Unidas da Colômbia (AUC), considerada um grupo terrorista pelo Governo dos EUA Acrescentou que, dentro de um acordo de extradição assinado com a Colômbia, o Departamento de Justiça não pedirá uma condenação à prisão perpétua contra Gómez Bustamante.

Em junho deste ano, diante de um tribunal federal de Nova York, "Rasguño" se declarou culpado de várias acusações de tráfico de drogas, pelos quais enfrenta a possibilidade de ser condenado a até dez anos de prisão, disseram fontes judiciais. EFE ojl/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG