Colombiano que chegou doente do México não tem gripe suína, dizem autoridades

Bogotá, 25 abr (EFE).- Médicos e autoridades colombianas descartaram hoje a possibilidade de o homem que chegou ao país com aparentes sintomas da gripe suína tenha sido contaminado pelo vírus da doença no México, de onde chegou nesta sexta-feira.

EFE |

O diretor de Saúde Pública de Bogotá, Luis Guillermo Cantor, disse a jornalistas que o passageiro foi examinado pelos médicos do aeroporto Eldorado.

Após o exame, foi descartado qualquer tipo de contágio e não houve necessidade de o paciente ser levado para um hospital, destacou Cantor.

O funcionário disse ainda que a rede de hospitais públicos e privados de Bogotá está "em alerta máximo" e com profissionais preparados para atender casa relacionado à gripe suína.

No terminal aéreo de Bogotá, assim como em outros aeroportos, portos e plataformas de transporte, as autoridades reforçaram os controles fitossanitários.

Já o representante da Organização Mundial da Saúde (OMS) no país, Pablo Baladeli, aconselhou os colombianos a não viajarem para o México. EFE rrm/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG