Colombiano com gripe suína foi isolado e não pode transmiti-la, diz prefeito

BOGOTÁ - O colombiano que contraiu a gripe suína em uma viagem recente ao México não pôde ter propagado o vírus por ter sido isolado assim que foi registrado como caso suspeito em um hospital de Zipaquirá, afirmaram neste domingo as autoridades desta cidade próxima à capital Bogotá.

EFE |

"A pessoa (...) foi muito responsável, foi ao hospital assim que chegou de sua viagem do México e esteve totalmente isolada", afirmou o prefeito Jorge Enrique González.

Portanto, "não há um alarme geral de que esta pessoa tenha tido contato generalizado (com pessoas)", afirmou González, cujo município se tornou o primeiro da Colômbia com um caso confirmado de gripe suína.

O caso foi anunciado esta manhã em Bogotá pelo ministro da Proteção Social (saúde e trabalho), Diego Palacio, e o representante no país da Organização Pan-americana da Saúde (OPS), Pier Paolo Balladelli.

Veja também


Entenda a gripe suína

Gripe suína no Brasil

Leia mais sobre: gripe suína

    Leia tudo sobre: gripe suína

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG