Bogotá, 13 ago (EFE).- O ministro de Comércio, Indústria e Turismo colombiano, Luis Guillermo Plata, disse que o Equador enviou um magnífico sinal ao suprimir parte das salvaguardas comerciais aplicadas a produtos colombianos.

"Acho que é um magnífico sinal que o Equador nos dá", ressaltou Plata, que explicou a rádios locais que não se sabe os alcances da decisão porque "não tem uma notificação oficial".

O ministro disse que, pelo pouco que sabe, a supressão das tarifas será aplicada a centenas de áreas "onde há pouco comércio".

No entanto, destacou que "o importante é o que isso significa", porque o Equador começou a reduzir as salvaguardas, seja devido às ordens da Comunidade Andina de Nações (CAN) ou às conversas entre as duas partes.

Plata explicou que o objetivo é desprender a parte política dos dois países da comercial e insistiu para que se busquem soluções amistosas.

Em Quito, o Governo do Equador anunciou que excluirá das salvaguardas 680 produtos. Inicialmente, a aplicação das tarifas afetava 1.346.

Quito rompeu relações diplomáticas com Bogotá em março de 2008, depois que militares colombianos atacaram um acampamento das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) em território equatoriano. EFE ocm/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.