Colômbia quer se associar ao Brasil para construir avião militar

Brasília, 12 mar (EFE).- O ministro da Defesa colombiano, Juan Manuel Santos, declarou hoje que a Colômbia tem interesse em se associar ao Brasil para construir um avião de transporte militar, similar ao Hércules fabricado pelos Estados Unidos.

EFE |

"Concordamos em iniciar um processo de complementação industrial na parte militar", disse Santos em Brasília, onde, na quarta-feira, se reuniu com o ministro da Defesa, Nelson Jobim, e hoje encontrou o chanceler Celso Amorim.

Santos afirmou que a Colômbia tem interesse especial em participar de um "projeto específico" da aeronáutica brasileira, voltado à construção de um avião de transporte militar "que, em certa forma, substituirá o avião Hércules" que a americana Lockheed Martin começou a fabricar em meados do século XX.

"A Colômbia entraria com dinheiro, como parceiro", e, além disso, poderia fabricar "algumas partes" da aeronave, explicou Santos, que ressaltou que o Governo do presidente colombiano, Álvaro Uribe, quer "fomentar a indústria aeronáutica através da Força Aérea colombiana".

Outra frente de cooperação com o Brasil pode se abrir através da indústria naval para a construção de embarcações que ajudariam a reforçar o controle da Bacia Amazônica, que "muitos criminosos usam a seu livre arbítrio", ressaltou o ministro.

Após a reunião com Amorim, o ministro colombiano viajou para São Paulo, de onde irá para São José dos Campos para visitar uma fábrica da Embraer. EFE ed/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG