Colômbia mata 12 guerrilheiros das Farc em bombardeio

De acordo com Álvaro Uribe, presidente colombiano, duas vítimas eram próximas integrantes da cúpla das Farc

EFE |

Em uma operação conjunta no norte do país, Força Aérea e Marinha colombianas mataram nesta terça-feira 12 guerrilheiros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) em bombardeio e detiveram outros seis rebeldes.

"Às 4h da manhã desta terça (6h, Brasília), após um grande trabalho de inteligência da Armada e uma ação da Força Aérea Colombiana, foram abatidos 12 suspeitos e capturados seis", informou o presidente Álvaro Uribe num ato público em Bogotá.

Segundo Uribe, entre os mortos está "Canaguaro" e "Ciro", homens próximos a Luciano Marín Arango, conhecido como "Ivan Márquez" e um dos integrantes da cúpula de liderança das Farc.

A operação foi realizada nos chamados Montes de María, que de acordo com o presidente colombiano estava na mira de Ivan Márquez para ser recuperada por seus enviados. "Sabemos onde está esse bandido do 'Ivan Márquez'", afirmou Uribe.

Relatórios da inteligência apontaram nos últimos anos que Ivan Márquez tem acampamentos na selva venezuelana, na divisa com a Colômbia.

    Leia tudo sobre: ColômbiaFarc

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG