Colômbia manifesta intenção de enviar tropas ao Afeganistão

Washington, 24 fev (EFE).- O ministro da Defesa da Colômbia, Juan Manuel Santos, se reuniu hoje no Pentágono com o secretário de Defesa, Robert Gates, com quem falou sobre o envio de tropas ao Afeganistão e sobre a luta contra o tráfico de drogas na América Central.

EFE |

Após o encontro com Gates, o ministro colombiano explicou que, durante a reunião, ambos discutiram sobre a assinatura de um acordo de cooperação militar entre os países para combater o terrorismo e o tráfico de drogas.

"Trata-se de fortalecer os mecanismos já existentes, utilizando os tratados que temos atualmente com os Estados Unidos, e modelar isto em um Acordo de Cooperação", afirmou o ministro, que destacou que haverá uma segunda reunião "para afinar todos os detalhes".

Outro dos assuntos abordados no encontro foi a cooperação da Colômbia no Afeganistão.

O presidente colombiano, Álvaro Uribe, expressou sua disposição de enviar especialistas em minas terrestres e em erradicação de drogas à região para trabalhar em conjunto com as tropas da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) e dos Estados Unidos.

Por outro lado, Santos ressaltou que fizeram uma análise sobre o Plano Colômbia, que, disse, se encontra em uma nova fase na qual há maior ênfase na recuperação social das zonas afetadas pelo cultivo da droga.

Além da reunião com Gates, Santos se reunirá amanhã com o diretor da CIA (agência central de inteligência), Leon Panetta, e com a Secretária de Estado, Hillary Clinton, junto com o chanceler colombiano, Jaime Bermúdez.

O ministro se encontrará também com o assessor de Segurança Nacional dos Estados Unidos, o general Jim Jones, e com o presidente da Comissão de Relações Exteriores do Senado, John Kerry.

    Leia tudo sobre: afeganistãocolômbia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG